|
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 2192 { professores: 0 | editores de blog: 0 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 3 }

Comentários
Marina

Ficção | De Isabel Diegues | 2003 | 15 min | RJ

12 Comentários
Por manoel dantas - Usuário | 28/01/2010

Perspicaz!!!
Por José Miguel Pires - Usuário | 28/01/2010

Excelente! A história é legal, retrata muito bem a fase de pré-adolescência. Marina nao deixou que o sucesso lhe virasse a cabeça, não perdeu a ssência, continuou sendo uma criança, porém, com algo a mais.
Por Ana Carolina - Usuário | 28/01/2010

Fotografia linda e boa direção; mas a historinha... deixa a desejar!
Por Daniele Paiva - Usuário | 28/01/2010

Nossa!! Parabéns pelo curta. A fotografia e a cor estão excelentes. Sucesso!!!!!!
Por José Carlos Melo - Usuário | 28/01/2010

Muito bom. Me fez retroceder alguns anos.
Por Oscar Renan P Rangel - Usuário | 28/01/2010

Muito show de bola o curta, e adorei a opção de vcs reduzirem a resolução para 38 kb/s assim dá para ver como um filme mesmo e não como flashes fotográficos como era antes. Um grande abraço a todos aí do Porta-Curtas, vcs são 10.Um beijo para as meninas.
Por Bruno Piergili Weiers - Usuário | 28/01/2010

Um filme rico, consistente, contado de maneira simples e leve. O melhor que o cinema pode oferecer.
Por Jusemar B. Sauerbronn - Usuário | 28/01/2010

As imagens em movimento não estão boas. Ficam sharpeadas nos contornos. O filme é bonito e toca em tema importante, mas precisa de maior cuidado técnico. A menos que os problemas das imagens sejam por conta de problemas técnicos na baixa do arquivo.
Por Marcela Andrade - Exibidor | 28/01/2010

Lindo. E que olhos!
Por Mauro Cesar Passos Correa - Usuário | 28/01/2010

Eu não consigo ver com bons olhos qualquer processo de catalisação de desenvolvimento humano. Apesar de, tecnicamente, o filme ser bom, tanto no aspecto fotográfico como na morfologia metaforica da exposição, a banalização do tipo de desenvolvimento humano que o protagonista mostra, não é um bom exemplo.

Páginas: 1 2