| |
|

Pessoas conectadas nos últimos 20 minutos: 1100686 { professores: 3 | editores de blog: 5 | editores de sites profissionais: 0 | usuários com coleções públicas: 31 }

Comentários
Tudo o que é Sólido Pode Derreter

Ficção | | 2005 | 16 min | SP

18 Comentários
Por Andrea Becker Narvaes - Usuário | 04/08/2013

Adorei o curta. A interface entre cinema e literatura ficou ótima pra pautar os dilemas da adolescência.
Por Gabriel Santos - Usuário | 22/05/2013

se tornou simplesmente, na melhor serie de TV brasileira.
Por Caroline - Usuário | 21/03/2013

Amei!
Por Caroline - Usuário | 21/03/2013

Amei !
Por Elton Martins - Usuário | 16/01/2013

Tirando a questão da maconha a atriz no vídeo representa todos nós, que nunca reconhecemos em nós sintomas que vemos nos outros. Interessante e engraçadíssimo; muito curto, porém =)
Por Elton Martins - Usuário | 16/01/2013

Haha, na minha overdose de curtas por aqui, vejo esse espetacular! Muito, muito original. Esse surrealismo todo lembra até Woody Allen nas obras dele.
Por sandrodiaz - Usuário | 17/02/2011

"..gosto do silêncio das pessoas pensando, o ar fica denso...", ou algo assim... maravilhoso!!! curta nota 10!!!
Por sandrodiaz - Usuário | 15/01/2011

Enredo e atuações excelentes! O contraste entre a protagonista do curta-metragem e a da série do Canal Cultura é evidente: Débora é sombria e revoltada, enquanto que Thereza é alegre. Em comum, a imaginação rica, encharcada de literatura e a disposição para questionar. Prefiro a Thereza, mas gostei de conhecer como o personagem evoluiu de um trabalho para o outro. Registro meu apreço à Mayara Constantino, de um talento comovente, além de ser linda. E parabéns a Rafael Gomes, que idealizou e dirigiu tanto o curta quanto a série, também um talento notável. Em especial, a poesia que permeia a história me chamou a atenção. Bravo!
Por Bianca de Assis Xavier - Usuário | 03/09/2010

Ah,finalmente eu consegui assistir o curta da minha série preferida! Vocês não tem noção de como ajuda minh´alma essa série e por favor eu os suplico que tenha a segunda temporada! Eu gosto tanto dessa história,tudo que acontece com Débora/Tereza, eu a acho tão parecida comigo. Tenho 15 anos, um coração machucado e muita imaginação por isso que eu não consigo não me encontrar na Tereza! Beijos e eu quero ver a segunda temporada no ar, mande-me notícias!
Por João Adolfo Amaral Ribeiro - Usuário | 29/06/2010

Poxa, finalmente entendi o pq do título. Na série eles não explicam. Aliás, prá quem não viu na tv, vale a pena ir no site da TV Cultura e baixar todos os episódios. Apesar de algumas diferenças, um não deve nada para o outro. (Na série Debora virou Thereza e sua condição financeira é só remediada. Nada de escola internacional; Ela não é tão solitária; os amigos tem mais destaque; Só a Mayara e o Luciano Chirolli permanecem do elenco do curta; É subentendido que o tio saltou de um prédio; etc)

Páginas: 1 2